A JOGADA DAS TRÊS CARTAS

 

 

A idéia da jogada das Três Cartas é bastante simples e pode ser utilizada por qualquer cartomante que deseja executar uma jogada rápida sobre um determinado assunto, mas também por cartomantes inciantes que podem, através dela, começar a emprestar significado ou completar o siginificado das cartas de acordo com a sua posição numa cartada.

O cartomante mais experiente pode utilizar esta jogada para completar uma jogada que já esteja em andamento, de outro tipo ou disposição, e então lançar mão de três cartas para explicar ou complementar o sentido de uma carta da jogada que já vinha fazendo, por exemplo. Sendo rápida, ele pode retomar a jogada de onde parou sem perder o ritmo, sem quebrar a linha de raciocínio.

A idéia da jogada com três cartas é bastante simples: depois de embaralhar as cartas brevemente, pois nunca devemos embaralhar demais, dispomos três cartas em seqüência, uma ao lado da outra. Estas três cartas ocuparão então três posições, com os significados de passado, presente e futuro sobre um determinado aspecto sobre o qual estamos jogando. O cartomante deve imaginar o seguinte a respeito de cada uma das posições:

•Primeira posição (Passado): representa as causas que levaram o consulente àquela determinada situação, indicada pela carta do presente, sobre o que estamos jogando. Como tudo o que existe no universo respeita o princípio da causa e efeito, assim também o é com relação à questão do nosso consulente, ou seja, se algo se configura hoje em seu presente, necessariamente um fato em seu passado ocasionou isto. Na carta do passado obtemos a compreensão daquilo que precisamos manter e melhorar ou daquilo que precisamos mudar ou evitar para buscarmos a realização daquilo que desejamos.
 
•Segunda posição (Presente): representa a situação atual daquilo sobre o que estamos jogando. Esta síntese do acontecimento presente pode muitas vezes ser inesperada, pois eventualmente consideramos negativo alguma coisa que ocorre em nossa vida e que em realidade nos beneficia, assim como o contrário também é verdadeiro. Às vezes nos parece pouco interessante ou pouco instrutivo falar do presente mas, na maioria dos casos, temos dificuldade em entender aquilo que nos cerca e que está muito próximo de nós, por sermos basicamente partes envolvidas, nos tornamos demasiado cegos.
 
•Terceira posição (Futuro): representa a versão mais provável do futuro, de acordo com os desdobramentos dos acontecimentos atuais acerca daquilo que estamos jogando. Não significa que esta seja a única versão possível do futuro, mas em alguns casos ela ocorrerá mesmo. Isto porque o futuro é como uma estrada que escolhemos percorrer e que nos leva a um determinado destino. Dependendo da velocidade com que percorremos esta estrada é muito difícil ou mesmo impossível desviar a tempo de evitar um obstáculo, por exemplo. Mas o livre arbítrio existe justamente para escolhermos os caminhos que desejamos percorrer. Se não é possível mais se desviar de um caminho pelo qual viajamos em alta velocidade e assim não conseguimos frear a tempo, sempre há um nova estrada mais à frente e assim poderemos escolher uma que nos faça mais felizes. Por outro lado, se ainda é possível desviar daquele caminho, cabe à nossa força de vontade e determinação de mudar o rumo dos acontecimentos.
 
Vamos colocar um exemplo prático sobre a jogada das Três Cartas. Nos concentramos num relacionamento de uma determinada moça, e ao jogas as cartas obtemos o seguinte:

Os Caminhos, na posição do passado; As Perdas, na posição do presente; e As Falsidades, na posição do futuro. A interpretação pode ser a seguinte: Os Caminhos no passado indicam que que a perda de seu compenheiro era inevitável, conseqüência de um resgate ou aprendizado que ela teria que passar. Talvez ela não tenha agido adequadamente com seu companheiro no passado, e por isso teve que passar pela perda do presente.

As Perdas no presente, indicando o rompimento no relacionamento com o seu companheiro, mais por vontade dele do que dela. Esta carta por si só não indica que ela seja merecedora ou não desta perda, precisaríamos jogar mais para determinar isso. Porém, a carta anterior, Os Caminhos, dão um indício de que talvez ela tenha merecido isso por suas próprias atitudes.

E, finalmente, a carta As Falsidades no futuro, indica que o seu antigo companheiro irá revelar-se como um falso amigo, alguém que se aproximou dela provavelmente por meros interesses e que por isso pode tornar-se uma influência negativa para ela. Seria aconselhável, portanto, tomar cuidado com as influências negativas desta pessoa e, se possível, manter distância e não procurá-la mais.

Com este exemplo simples pode-se perceber a força do tarô cigano e a capacidade de uma jogada com as Três Cartas. É possivel através desta disposição obter respostas sobre praticamente qualquer questão, de forma bastante direta.

O cartomante, mesmo com pouca experiência e que precisa ainda aprender a se concentrar e manter a concentração nas questões sobre as quais está jogando, pode obter resultados bastante expressivos, e ajudar muito as pessoas que o procuram e a si próprio também.
FONTE: http://www.gotach.com.br/

Categorias: TÉCNICAS DE JOGO | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: