XV – O DIABO

O DIABO é o senhor do mundo, uma energia de dinheiro, vitória e sucesso, mas o caminho dele será doloroso quando houver apego às conquistas e se essas conquistas forem baseadas apenas no desejo de poder, de alcançar o topo não levando em consideração os sentimentos alheios e a honestidade de propósitos.

O DIABO é a própria árvore do bem e do mal, ele pode nos levar a crer que uns são melhores do que outros gerando competição, ciúme, inveja, ansiedade, pressa e agitação, ou também nos levar à uma energia oposta e complementar da redenção.

Através dele temos a oportunidade de confrontar os nossos demônios interiores que eventualmente nos habitam e que, de forma consciente ou não os alimentamos todos os dias; seja por meio de certas fragilidades que não dominamos ou não enxergamos, ou ainda por nos deixarmos envolver pela negatividade que a mente consegue nos induzir.

Quando aceitamos o nosso lado obscuro podemos mostrar a nós mesmos que somos capazes de visualizar a luz e, através dessa clareza, conseguimos sair gradativamente de situações sombrias em que estamos submetidos.

As influências ocultas e misteriosas do Diabo tornam-se transparentes para quem bem sabe descortinar as diversas janelas da alma sem medo de visualizar a si tal como é; conhecendo  e  reconhecendo a própria desordem através do espelho da personalidade.

O segredo para não mergulhar na escuridão está em não tratar a si mesmo como um adversário mascarando os medos, e sim em aceitar que é humano, inserido em um universo onde existem tons claros e escuros que se alternam.

O DIABO se infiltra em nossas vidas através do nosso apego à auto-imagem, a sede de poder, a ambição, o orgulho e o complexo de inferioridade. Esse arcano nos seduz com a possibilidade de vitória, de visibilidade, de conquistas materiais, amorosas, sociais e profissionais.

O DIABO nos aprisiona quando nos leva a supor que interesses materiais de sobrevivência são mais importantes que qualquer outra coisa. Esse arcano reina sobre a matéria, os sentidos, afeta o nosso ego, desperta a cobiça, a inveja e inicia a jornada egóica que nos faz acreditar que somos o centro do universo.

Ele oferece domínio sobre o mundo material, mas essa energia rege tudo que é ilícito, fraudulento, que gera escravidão e medo. Ele é instinto e desejo e na área espiritual pode atrair energias pesadas e obsessoras.

O DIABO não traz só a energia negativa como muitos pensam, ele também traz a energia da paixão intensa, do desejo de poder e auto-afirmação e, a energia da alegria, da gargalhada, do lado bom e festeiro da vida. É uma carta que carrega uma energia de sedução, magnetismo e um tipo de vaidade que acentua a auto-estima.

O DIABO é um ser apaixonado pela vida, pelo prazer, pelo luxo e por tudo que alimente nele o apetite por aquilo que lhe deleita. É dança, é festa, é subir no palco e se orgulhar de sua estrela, envaidecer com seu talento, saber que você pode se considerar e se sentir o melhor sem falsa modéstia, porque todos vêem e declaram o seu brilho e acentuam o poder do seu ego.

Ao chegar perto de uma pessoa que vibra na energia do DIABO, percebe-se um sentimento de superioridade. Seu bom humor é contagiante, gosta de rir até das tragédias alheias e fazer graça com a situação dos colegas em apuros, contar piadas a respeito da vida e das pessoas menos favorecidas e o pior é que todo mundo ri e aplaude.

É bem verdade que o DIABO é ardiloso e que, quando deseja realizar seus projetos, entra com tudo e não titubeia. Certo também é que ele tem estrela, não precisando se preocupar com nada; tudo lhe cai nas mãos e o mundo lhe sorri fascinado, abrindo-lhe todas as portas.

Esse arcano ama a vaidade, o luxo, o conforto material e tudo de requinte e mais alto bom gosto e qualidade. Possui uma tendência ao desejo imoderado de chamar atenção ou de receber elogios e, gasta milhões por mera vaidade.

O magnetismo do diabo, é a essência de um aspecto extremamente forte, concentrado em seu campo energético, que expressa sua energia exterior sob forma de pensamentos, palavras e comportamento sedutor, o lançar de um olhar profundo como quem desnuda o outro numa fome voraz de desejo íntimo e oculto, e as segundas intenções mascaradas por meio de seus ardis.

A carta do DIABO expressa nossos excessos, nossas ambições desmedidas, nossa falta de moral, nossos desejos reprimidos, nossos medos e nossos segredos inescrupulosos, ou seja, todo lado obscuro pertencente ao ser humano. E a não aceitação de si mesmo, a vergonha de ser o que é ou de estar fazendo algo que não se pode afirmar ser consenso social, também está implícito nessa carta.

Quando não se manifesta como sexo devasso ou libertino, se apresenta como sexualidade escondida, fruto de ações proibidas perante a sociedade, normalmente, pessoas que mantêm relações extraconjugais, não excluindo taras e relações incestuosas.

Nos relacionamentos somos levados a conquistas com procedimentos e objetivos condenáveis, a casamentos por interesse. As uniões trazem alegria momentânea seguida de desengano. São relações egocêntricas que se realizam pelo status, pelo poder ou pela união de forças.

Essas uniões são mantidas até que o prazer, a paixão, o sexo e o jogo de interesses se esgotem. Irritação e raiva podem surgir a qualquer momento, sem levar em consideração o desejo do outro e sem nenhum respeito entre si. Atrai relacionamentos obsessivos que podem levar à violência e à morte.

Essa é uma energia pesada na saúde. Causa sangramentos, hemorragias, pressão alta, infecções, inflamações e doenças sexuais. Rege o aparelho circulatório e a corrente sanguínea, sendo responsável por todas as complicações nessas áreas. É uma energia nervosa, tensa, apressada e por isso desencadeia todos os processos de raiva, irritação e inquietude. É uma energia viciosa, repetitiva e influencia qualquer vício, drogas, dependência.

O DIABO pode criar, com a sua energia obsessiva, problemas emocionais de tal ordem que acaba levando à loucura, à paranóia, à esquizofrenia. O DIABO nos mantém em um mundo de ilusões, em um mundo falso, dominados pelas nossas obsessões, nossas paixões que nem percebemos que nada disso existe na realidade.

Podemos sair a qualquer momento da influência do DIABO, mas dificilmente fazemos isso porque acreditamos que não podemos. Ele nos manipula através do medo e das fantasias que criamos, pois só conseguimos ver o que queremos e não a realidade da situação.

Nos dá um falso poder e nos faz acreditar que somos melhores do que os outros e que temos todo o direito de passarmos por cima de qualquer valor ético, sem levar em conta o sentimento e o sofrimento das outras pessoas.

NEGÓCIOS E TRABALHO: Atitudes erradas, prejuízos, enganos.

AMOR: Sexo, paixão, amor proibido.

ESPIRITUALIDADE: Poder espiritual, ataque astral.

SAÚDE: Vaidade, cuidados com o corpo.

DINHEIRO: Dinheiro rápido.

 

Categorias: SIGNIFICADO DOS ARCANOS MAIORES DO TARÔ | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: