MULHER CIGANA

Mulher misteriosa,
tem na face um olhar brejeiro,
sorriso aberto e gestos encantadores.
Quando dança,
a carne vibra paixão,
exaltando a alma livre que pulsa em seu coração,
transmitindo a magia e o poder da sedução.
Sua verdade segue,
alada à intuição,
sem pensar ferir a raça,
ou quebrar a tradição.
Saboreia a liberdade,
sem fincar os pés no chão,
conhece os segredos da magia,
inscritos na palma das mãos.
Passado o presente, vem o futuro
que Deus lhe deu,
seu destino reunir valores,
que podem transportar a luz do sol sob o luar,
seu lar é um acampamento,
onde para pra amar.
Nada se impõe à vida,
que precisa passar sobre mares, rios, e pontes
que possa atravessar.
Alegre, dança; triste, encanta,
sem jamais chorar.
Mulher cigana é uma estrela…
que ninguém pode tocar.

Quem é a dona do jogo? Quem é que dá as cartas, embaralha, corta e dispõe sobre a mesa os segredos de nossas vidas? É a Cigana, um espírito de luz, que nos a traz a beleza do arco-íris com a sua saia colorida. Com o bater do seu pandeiro, lembra que precisamos de ritmo e pulso para vibrar nossa energia. Com seu baralho precioso nos adverte acerca dos perigos escondidos. Em troca de moedas, enriquece nossas mentes com recursos inesgotáveis que nos tornam vencedores.

Toda mulher tem, ainda que não revelado exteriormente, uma alma Cigana, pois conhece profundamente todos os mistérios que o destino lhe reserva. Sua adaptabilidade e versatilidade fazem seu primeiro ensaio ainda na adolescência, quando ela aprende que o seu corpo se modifica. A partir daí, ela já pode ser a geradora de um novo ser que evoluirá espiritualmente na Terra. A Cigana tem na fertilidade o seu valor reconhecido como mulher. Não existem acampamentos ciganos sem burburinho de crianças.

Seu feitiço, sedução e magnetismo feminino vão aumentando com a chegada à vida adulta. Nesta fase áurea a Cigana desperta-lhe a consciência de que tudo que um homem faz, tem como objetivo principal, a mulher. No fundo, o que move o ser masculino é percorrer estradas e caminhos para conquistar a figura feminina.

A dona do ouro, da prata e das pedras preciosas também é a mais rica das criaturas porque nasceu mulher. A Cigana tem a alma livre, porque como toda fêmea só se prende quando quer.
Cada vez que pega a estrada, pára e desmonta a sua carroça num acampamento, a Cigana sabe que sem ela, a vida perderia sua cor. Como feiticeira do tempo, com o passar dos anos, ela dribla espelhos e mantém-se eternamente jovem. Porque mesmo como mulher madura, nunca deixa a menina morrer dentro de si. A Lua encheu o seu rosto e o seu corpo de encantos que seduz eternamente o mais distante dos homens.

Nas veias de toda mulher corre um sangue cigano que a faz mudar de um lado para o outro sem ter que dar satisfações a ninguém, e ainda, mudar de discurso num curto espaço de tempo como só uma mulher de verdade sabe fazer. Uma Cigana de verdade, jamais dependerá de ninguém, porque o seu espírito nômade a faz sobreviver sob quaisquer circunstâncias.

A você mulher, com o sem bola de cristal, deixe o passado para trás, viva o presente e aposte no seu futuro brilhante.

Texto de Ana Anciãs

FONTE: http://losciganos.blogspot.com/2008_03_01_archive.html

Categorias: POESIA | Deixe um comentário

A CIRANDA DOS ARCANOS MAIORES

 

 

Viajante, temos vinte e dois conceitos evolutivos e sintomáticos nos Arcanos Maiores, que reportam atitudes ou energias arquetípicas de nossa vida ou de situações. Generalizando – grosso modo – a seqüência estrutural, temos O Mago relatando o início, a vontade de aprender para ser.

A Papisa nos falando do enclausurar, estudo e sabedoria, da retenção de muitos pensamentos profundos e não revelados. A Imperatriz nos reporta ao desenvolvimento de situações e vontades, a ela também são dados os eflúvios da gestação, maternidade e criação, é a mãe no Tarô. No Imperador, o poder de organizar, mandar e realizar, a figura do pai. No Papa, a disciplina moral e a ética no meio social, conservador e justo, rege todo tipo de contrato verbal ou escrito.

O Arcano O Enamorado, Os Amantes ou O Amoroso – como pessoalmente chamo, trás as situações de livre escolha, que às vezes se traduzem em dúvidas, mas não incertezas paralisantes ou cáusticas, um impasse para seguir no máximo, pois ele sempre fará o que deseja. No Carro, temos a direção rápida e decidida, prenúncio de vitória e conquista. Seguindo encontramos A Justiça, o ponto de equilíbrio imparcial e racional, decisão fria e cautelosa, mas sensata e incorruptível. No Eremita, a reclusão social e a pesquisa de vida dentro de um isolamento voluntário, para então, revendo sua bagagem de experiência pessoal, enxergar o como solucionar deste ou daquele problema e lentamente transpor, com sabedoria, os obstáculos para só então retornar ao convívio dos demais.

A Roda da Fortuna gira e modifica nos trazendo rápidas surpresas, mas nada que seja drástico ou fatídico. São oscilações e mudanças que não estão nos planos, porém seus resultados não se traduzem em insucessos. Na Força, encontramos o controle de si mesmo sobre a fera interior, domínio de desejos e paixões, mas sem deixar de lado a própria vontade. No Pendurado encontramos a fase das utopias e auto-sacrifícios, da ilusão de si mesmo frente à realidade que está em desacordo. Na Morte, temos o momento que acordamos das utopias, os cortes que necessitamos fazer. Realizamos mudanças, geralmente não agradáveis, porém necessárias para seguir. Extirpamos uma unha para não perder um dedo.

Na Temperança, um estágio lento e demorado de espera e marasmo, mas que não é ruim, tirando a ansiedade de realizar. Fala da reconciliação ao longo do tempo, mas esta letargia é uma benção que pede: resolva pendências para seguir. Seu Arcano sucessor é O Diabo, o lado que tentamos negar em nós, as paixões e instintos, o desejo de possuir, o poder e o domínio sobre a matéria, a diversão e a sexualidade imoral e promíscua, mas ele não liga: quer que quer ter e tem! Quando nos deparamos com a Torre, este próximo Arcano tem o famigerado ruir do meio ambiente, desmoronar das fachadas sociais, o cair das máscaras. Onde tudo que é falso ou excessivo se rompe, verdades dos envolvidos se revelam sobre seus escombros, uma ação corretiva, hora da colheita, amarga sim e até cruel, porém libertadora.

Não há meio termo…

A Estrela fala do passo da libertação, da leveza e da fragilidade, reporta esperança numa nova vida, mesmo que ainda não se saiba bem qual é esta, mas se está livre de opressões do passado. Ainda é noite e A Lua corta o mesmo céu noturno do Arcano anterior, chegou o momento de separar o joio do trigo, assimilar todo o trajeto até então, discernir, buscar saber “quem eu sou”, expandir ou então retroagir… atenção aos devaneios. E no próximo Arcano encontramos o triunfante Sol, a recompensa merecida do caminhar, o tudo de bom, o Arcano da simbiose do destino com o nosso livre arbítrio, sucesso, realização, amor e afeto onde conhecemos nossos limites e a vida sorri aberta sobre seus eflúvios majestosos de sucesso e felicidade.

Qual é o Sol da tua vida, Viajante?

No Julgamento, temos um condutor de evolução que elabora novos horizontes, traz em si as mudanças do destino que ainda sequer sonhávamos e sugere renascimento e algum tipo de avaliação do nosso comportamento, baseada em nossa evolução pessoal (individuação). Devemos aceitar sua sentença, pois vem de forma incondicional, argumentando e qualificando nosso estágio. Assim encontramos através da transcendência do Julgamento o progresso do Arcano seguinte, O Mundo, onde elaboramos a síntese da vida, e o continuar dos planos e projetos. Ele fecha a contento todo um ciclo, deixando um elo de ligação sutil e perfeito. A conclusão natural na busca da perfeição de vida, com sorte, recompensa e alegria, o novo se abre tão naturalmente a nossa frente como se fecha o antigo a nossas costas.

Assim buscamos o revolucionar da nossa evolução de vida pela vida e ousamos sem pretensão e rumo através do Arcano Sem Número – O Louco. Expandimos e partimos sem pensar nas conseqüências, este Arcano traduz o momento mais livre da vida, um momento muito poderoso, porém faltando planejamento, aliás, que não é o forte do Louco. Só não é o mais perfeito dos Arcanos na estrutura do Tarô por não saber seus limites pessoais. É o elo do Mundo com o novo que habita o Mago, que a tudo inicia. O Louco inventa e avança com a alegria amoral de criança, é o caos que se aventura talvez rumo à ordem, mas só quando e como ele desejar, pois tudo é uma despreocupada primavera para ele.

FONTE: http://www.blogdetaro.com/2009/10/ciranda-dos-arcanos-maiores.html

Categorias: TEXTOS OUTROS AUTORES | Deixe um comentário

A ENERGIA DA DANÇA CIGANA

A postura imponente dos ciganos ao dançar mostra como eles enfrentam a vida e orgulham-se do que são.

A cigana tem um lugar especial na dança, em muitas tribos ela garante o sustento dos seus com a sua arte, elas atraem a boa sorte para o grupo e a família…com a cabeça levantada demonstra o poder de sua raça, o bater dos pés na terra clama a força desse elemento para bailar, as mãos para o alto pedem licença para exaltar a natureza, com a força feminina entrega-se ao ritual da dança e banha de beleza e mistério o espetáculo cigano.

O barulho das moedas e pedras também tocam música no ritmo do rodopiar da cigana, as palmas e ralhos a envolvem e alimentam sua arte, que em forma de oração saúda os presentes na comunhão do sagrado e da alegria.

O cigano com seu ritmo forte e elegante atrai a atenção do grupo, é dele a responsabilidade da proteção, das aberturas dos caminhos de seu povo por estradas desconhecidas; no sapateado a busca da força e coragem; as mãos ao céu agradecem e recebem um sol de esperança; a força masculina se mostra e também reverencia a natureza.

Nos passos da vida, encontramos a Dança Cigana, envolvente e transformadora como o fogo; um coração pulsante no ritmo do vento; sábia e reveladora como o ar, de braços abertos buscando envolver um mundo inteiro; forte e poderosa como a terra; cristalina e mutável como a água, sem medo de demonstrar o amor à família, a eterna tristeza de tantas dores desnecessárias, o encantador sorriso da crença de um amanhã melhor, o brilho de lágrimas nos olhos profundos; um rito sagrado saudando a natureza que nos deu a vida.

Assim, nos contagiantes volteios dança-se aos pares, no ritmo do amor cigano troca-se forças, experiências, existências, finalmente completos na comunhão da vida. As crianças, continuação de nossos sonhos, e os velhos, detentores da sabedoria, tem lugar na roda e com o mesmo respeito são apreciados por tudo que são e serão.

Vamos palmear e nos entregar ao bailar gitano de nossos corações, no ritmo que a vida pedir vamos juntar as mãos e deixar que o som guie nosso corpo por novos caminhos; no ritmo sagrado da Dança Cigana fazer da liberdade de sonhar e realizar uma oração, uma dança única onde nos revitalizamos e descobrimos nossas forças e talentos para seguir sempre em frente, como fizeram e fazem os ciganos.

Fonte:http://avassouradabruxa.blogspot.com

autor: Amarantha Thalvil

FONTE: http://www.instintocigano.com.br/artigos-de-baralho-cigano.php?id=92

Categorias: TRADIÇÕES DO POVO CIGANO | Deixe um comentário

NADA É POR ACASO

– Aquele instante eterno quando os olhares se cruzam…

– Dois corações tocando a mesma melodia.

– Conhecer a alma gêmea na Internet.

– Dobrar a esquina e dar um encontrão no cara de seus sonhos!

– Discar um número errado por engano, engatar uma conversa animada e perceber que vocês têm muito em comum.

– Descobrir que o seu cachorro é da mesma raça da cadela dela.

– Adorar desenhar figurinos e ganhar um concurso com bolsa de estudos para a França.

– Devolver o livro para a sua amiga no trabalho dela, conhecer o chefe dela e dar aquele click instantâneo.

– Sonhar que a avó cigana lhe passou os poderes e acordar paranormal.

– Entender que vocês foram almas gêmeas em vidas passadas e por isso, a atração permanece nesta vida, independente se a história continua…

– Oferecerem a você a verdadeira irmã do seu filho adotivo para adoção.

– Ficar em dúvida, abrir um livro e a resposta estar lá.

– Perder o emprego e descobrir que tem talento para empreendedor(a).

– Salvar animais feridos quando criança e virar veterinário quando adulto.

– Cismar que quer aprender a pilotar avião desde pequena e descobrir que o instrutor é a sua cara-metade!

– Sentar no cinema na mesma fileira daquela gata que você estava de olho, sem combinar.

– Nascer com talentos únicos e usá-los para ajudar as pessoas.

– Freqüentar um parque e sem motivos, mudar o percurso e cruzar com aquele avião…

– Você, separada, indo na reunião de pais e mestres e descobrir que o melhor amigo de seu filho tem um pai atraente, separado e interessado em conhecê-la melhor!

– Acordar para a vida após uma tempestade emocional.

– Levar o celular dele por engano e descobrir que ele tem outra pessoa.

– Nascer numa família humilde para acreditar que tudo é possível, basta querer.

– Conhecer a pessoa certa de repente, estando noiva, faltando poucos dias pro casamento e seguir a voz do coração…

– Querer fazer um curso durante 10 anos, sem tempo; consegue, estuda, ganha um prêmio importante da área e vira referência profissional!

– Saber que todas as experiências de sua vida são para o seu crescimento holístico: corpo, mente, alma e espirito.

– O momento certo, a hora exata, o lugar correto e o grande amor de sua vida…

autor: Mon Liu

FONTE: http://www.instintocigano.com.br/artigos-de-baralho-cigano.php?id=7

Categorias: TEXTOS OUTROS AUTORES | Deixe um comentário

A BELEZA VIBRATÓRIA DO AMOR “CIGANO”

Quando estamos perto de quem amamos vivemos uma nova jornada nas sensações.

Quando olhamos para quem amamos, e vemos nela uma fonte de energia, estamos emanando amor; e esse amor pode ser sentido em vibrações das mais sutis.

Quando você ama, o que você emana?

Você emana alegria?

O que você sente quando olha, quando ouve a voz, quando sente a respiração, o riso, o sorriso; quando “sente” que seu amor chega, quando toca sem tocar…

Você é capaz de sentir a vibração do amor?

Se você percebe a vibração do amor também precisa saber que é capaz de mudar o que existe à sua volta.

Por amor é possível.

Irradiar amor traz a beleza para mais perto de você, e tudo se transforma.

Existem raros momentos de beleza, de despertar; existem sublimes instantes de leveza em seu caminhar.

O amor desperta sensações, e ele fala através de seu corpo, de seu ar, de seu sorriso, de seu brilho e de seu olhar.

O amor renasce, entrega, ilumina.

Então, quando você estiver amando, irradie este amor, concentre-se apenas nisto.

Irradie leveza, irradie pureza, irradie sutileza.

Irradie simplesmente. Perceba que você esta vivendo um raro momento. Está vivenciando a beleza vibratória do amor.

Então simplesmente irradie, e torne sua vida mais simples. Eu tenho certeza que o retorno será maravilhoso.

Fonte:http://gitanohuancarlos.blogspot.com/

autor: Gitano

FONTE: http://www.instintocigano.com.br/artigos-de-baralho-cigano.php?id=22

Categorias: TEXTOS OUTROS AUTORES | 5 Comentários

A NUMEROLOGIA DE 2011

 

 

 

011: A Energia do Mestre Construtor!

Caminhar com Consciência é a nossa grande Busca. Fazer um caminho conscientemente é o diferencial entre o caminhar na Luz ou permanecer nas sombras. Conhecer as vibrações deste novo ano, facilita as nossas escolhas, pois permite maior compreensão dos aprendizados e desafios trazidos por 2011.

Sintam a energia de 2011:

2 – Não podemos desprezar, em momento algum, a vibração deste milêncio que começa com a vibração 2, portanto continuamos a ser exigidos a enxergar o outro, compartilhar com tolerância e suavidade, a desenvolver nossa intuição, ouvir a voz do coração…sabedorias que como humanos estamos estimulados desde a entrada deste novo milênio. A regência da Mestre II do Tarot, A Sacerdotisa. INTUIÇÃO.

20 – Esta troca é seguida pelo zero, que é representado por um círculo, o Tudo ou Nada, depende da nossa escolha, portanto as nossas trocas, a plenitude nas relações depende unicamente de nós mesmos. Permanecer ou reformular as nossas relações, o nosso cotidiano, as nossas trocas. As oportunidades estão neste Todo, o importante é escolher. A regência do Mestre XX do Tarot, O Julgamento. DISCERNIMENTO.

11 – Alcançar a Consciência 11, é a maior meta dos Buscadores, porque somente com esta Consciência é que conseguiremos transitar para a Nova Era, subirmos uma oitava e chegarmos no Degrau 11. Esta Consciência é o motivo de tantos giros na Roda de Samsaha, de tantas experiências terrenas. Desde 2009 estamos transitando pelo Portal 11, portanto é suposto que já estamos caminhando com esta sabedoria 11 (sugiro que releiam o ano 2009). A regência da Mestre XI do Tarot, A Força. Integração das energias instintivas com as energias mais elevadas. 2011 – Compartilhar com o outro, com tolerância, suavidade e consciência. Agir com discernimento sem julgamentos, usar os aspectos mais elevados do nosso ser para submeter o nosso lado mais primitivo, e com isto conseguirmos manter o nosso brilho e Luz , levando Consciência ao nosso redor, e alcançarmos a Maestria 22, que é a Sabedoria ensinada neste ano de 2011.

2011 = 2 + 0 + 1 + 1 = 4
2011 = 20 + 11 = 31 = 3 + 1 = 4/13 – 4 originário do 13 = número cármico.
2011 = 20 + 1 + 1 = 22/4 – 4 originário do 22 – número mestre.
22 = 2 X 11 – Para alcançarmos o 22, temos que aprender o 11.

O que significa o 22 ?

O 22 é um Número Mestre, uma vibração mais elevada, que representa o MESTRE CONSTRUTOR. O 4 pode vir do Número Cármico 13, que é o Carma das concretizações através do nosso suor e esforço, da necessidade de lutar para manter e sustentar a nossa estrutura prática e concreta, ou este 4 pode vir do 22, que é a capacidade de estruturação, de concretizar nossos ideais, de colocar em prática, materializar, formatar nossos ideais, deixar nossa marca, nosso registro em nossas ações e concretizações. Construir e Materializar.
Este ano nos impulsiona portanto, a sair do carma 13 e através do trabalho do 4, alcançarmos a maestria 22, usando nossa força de trabalho para concretizar nossos ideais e metas. É a capacidade de recomeçar e renovar quantas vezes fôr necessário. É a superação dos fracassos e a busca das vitórias, através da força mental, da determinação e da persistência.
É a travessia do Portal 4 com a Sabedoria do 22: Enxergar a Vida com a Consciência 11, mas com a visão clara, objetiva e neutra do Mestre 22. É a regência do Mestre IV do Tarot: O Imperador. Praticidade e Concretizações. Assumir suas responsabilidades, assumir as rédeas da própria vida, organizar e caminhar com os pés na realidade e mãos na massa, utilizando suas capacidades, talentos e dons para deixar sua marca nas suas ações e concretizações.

Este é o aprendizado de 2011:

Com a Consciência e Intuição do 11, assumirmos o Mestre Construtor que existe dentro de nós e com a Força Construtora deste Mestre 22 alcançarmos nossas metas, colocando em prática todos os nossos talentos e dons, dedicando-nos ao crescimento pessoal e comunitário, deixando nossa marca de Amor e Responsabilidade, colaborando também com o crescimento da humanidade e do planeta, porque SOMOS TODOS UM.

Fonte: http://www.somostodosum.ig.com.br

autor: Ingrid Dalila Engel

FONTE: http://www.instintocigano.com.br/artigos-de-baralho-cigano.php?id=93

Categorias: TEXTOS OUTROS AUTORES | Deixe um comentário

XXII – O LOUCO – UM NOVO CICLO

E assim, após muitos altos e baixos, alegrias e tristezas, o LOUCO chega à meta de evolução de mais uma jornada. Ele tornou-se menos inconsequente, adquiriu mais sabedoria, libertou-se da insegurança, equilibrou-se, desapegou-se, desligou-se das opiniões a seu respeito, não julga, apenas segue sua intuição, seu instinto, seu coração.

O nosso LOUCO deixou de ser manipulado e assumiu-se como realmente é, deixou de ser inconsequente, bobo, fantoche das circunstâncias e assumiu a sua realeza.

Pelo caminho trilhado, descobriu seus talentos e potenciais com o MAGO, aprendeu a refletir com a PAPISA, inspirou-se na IMPERATRIZ, realizou com o IMPERADOR e, seguindo no processo de autodescoberta, enfrentou sua sombra, seus demônios, seus instintos, perdeu a vergonha de ser o que é, se flexibilizou e completou mais um ciclo evolutivo.

O homem LOUCO, que começou sua jornada na Terra sentindo-se abandonado por Deus, seguiu, sem saber direcionar sua energia espiritual. Considerava-se um fracasso, uma vítima, mas foi descobrindo suas forças internas, seus arquétipos, seus arcanos internos, que, através de experiências externas, muitas vezes dolorosas, lhe falaram de sua ascendência divina. Ele aprendeu que todos os obstáculos podem ser superados e reencontrou o seu poder.

Não é de se estranhar que a sociedade o considere LOUCO, um lunático, um sonhador delirante que segue apenas o seu coração, seus ideiais maiores. Este LOUCO, que parece nada desejar, é no mínimo um excêntrico que se desapega de bens e não liga para as opiniões dos outros a seu respeito, sejam elogiosas ou não.

O homem LOUCO é verdadeiramente livre. É alegre, pois não há nenhum obstáculo ou dificuldade que possa lhe tirar o imenso prazer de estar “vivo”, desperto, inteiro e pleno.

 

Categorias: SIGNIFICADO DOS ARCANOS MAIORES DO TARÔ | Deixe um comentário

XXI – O MUNDO

Esse arcano é o objetivo a ser alcançado por aqueles que estão na viagem do autoconhecimento, pois depois do amadurecimento, um novo ciclo de evolução se iniciará.

Ele nos ajuda a encontrar o nosso lugar no mundo, nosso centro, a encontrar alegria em estar aqui e não se perder nos muitos caminhos oferecidos. É a imagem da integração dos opostos, é a perfeição, a harmonização do ser humano em toda a sua dimensão divina criadora.

A vibração emitida por esse arcano revela leveza, soltura e ânsia por exteriorização, em razão de muitas vezes termos nos habituado a transitar em um único mundinho fechado e particular gerado em torno de nós, cheio de autodefesas e de redomas que só atrapalham o convívio com a realidade que está ao redor.

Trata-se de um momento não só oportuno, mas também favorável para colocarmos o “pé na estrada” e enfrentarmos a vida com a predisposição de amadurecer; dominando passo a passo a evolução individual, sem castrar a autonomia que a alma em seu estágio de desenvolvimento solicita para manter os anseios de intensidade e de liberdade que fazem parte de um caminhar saudável e nutrido pelo vigor.

Esse arcano sugere que o espírito inquieto em busca de sua frenética independência pode mansamente se equilibrar e que, através da aceitação, os opostos que nos povoam se integrem harmonicamente em união.

Ele nos mostra que podemos dispor de todas as forças que a natureza reserva para o aperfeiçoamento individual; recebendo de bom grado as variadas vibrações dessa carta para desenvolver os potenciais de descobertas que por hora estão mais latentes; valorizando o seu lugar ao sol, sem ansiedade ou temor; e que não devemos esquecer de confiar na força originada pelo Cosmo como fonte geradora de sabedoria e de recomposição.

Quando tiramos essa carta pode significar simplesmente que iremos realizar exteriormente aquilo que estamos vivenciando em nosso interior. O MUNDO nos abre para a dança da vida, à estética, à harmonia, à fazer o que se gosta pelo prazer que isso dá.

A energia do MUNDO nos faz perder a rigidez, adaptar às situações, pois passamos a ver todas as faces de uma mesma situação e nos recusamos a fazer julgamentos apressados, pois compreendemos que, dependendo da forma de olhar, tudo muda.

Viver a influência da energia do MUNDO é vivenciar a harmonia, o sucesso, a alegria do equilíbrio cósmico. O arcano é altamente benéfico, trazendo êxito, solidez, boa saúde, experiências ricas que transmutam e transformam nossas vidas.

Promove relacionamentos estáveis, altruístas e inspiradores. Pode conter uma alta dose de dedicação, de ternura, de companheirismo que satisfaz o casal. É a energia dos relacionamentos platônicos ou dos celibatários por opção, aqueles que amam a humanidade, todos e cada um, com ternura e encantamento. Entretanto, como é uma energia espiritual, podem carecer de sensualidade e erotismo.

O arcano indica boa saúde ou cura em caso de doença já instalada. Rege os hormônios do corpo.

NEGÓCIO E TRABALHO: Ampliação, sorte, sucesso, lucros.

AMOR: Encontro, felicidade ou final de uma situação.

ESPIRITUALIDADE: Lucidez, fim de carma, consciência ampliada.

SAÚDE: Excelente.

DINHEIRO: Sucesso.

 

Categorias: SIGNIFICADO DOS ARCANOS MAIORES DO TARÔ | Deixe um comentário

XX – O JULGAMENTO

O JULGAMENTO nos mostra que é através de um julgamento profundo e honesto de nossas atitudes, erros e acertos que podemos renovar a nossa vida e buscar as mudanças de sentimentos e pensamentos.

o JULGAMENTO levado ao nível pessoal é um momento de profunda conscientização, de despertar do longo sono das ilusões auto-impostas e ver as coisas como elas são.

A aparição do JULGAMENTO deve ser considerada como uma ocasião favorável para sairmos de um estágio de letargia e torpor e, assim, cedermos passagem para reabilitação e restauração da personalidade que, desejando ou não, deixamos adormecê-la durante uma considerável temporada.

A energia emitida por meio desse arcano tem forte poder de provocar mudanças que nos libertam da forma como vínhamos conduzindo o cotidiano, nos dando novos e alentadores rumos ao que nos propusermos fazer; isso sem que seja necessário vivenciarmos dolorosas experiências para redescobrirmos dias mais estimulantes e salutares.

O surgimento dessa carta em primeiro instante pode até assustar, pois vem carregada de novidades das quais mexem não somente com o nosso presente, mas também nos faz enveredar pelos sons esquecidos no passado que ainda causam ressonância em nosso atual momento de vida.

Essa é uma oportunidade benéfica para acertarmos contas e quebrarmos de vez os elos com o que já passou, ficando na memória apenas os registros dos experimentos e dos aprendizados que contribuem efetivamente.

As influências do JULGAMENTO nos levam de imediato a avaliar em que ponto nos encontramos, o que ainda precisamos fazer e, sobretudo, nos revela o quão é importante examinarmos os nossos próximos passos ao vislumbramos um outro modelo de vida que abre espaço para a clareza da nossa mente.

Devemos começar do zero a nossa nova trajetória canalizando nossos esforços para que o nosso despertar diário seja um renascimento positivo sem impressões ocultas com ares de provação; não devemos julgar a nós mesmos e nem aceitar julgamento, uma vez que estamos no mundo apenas de passagem, tanto para aprender com os erros como para evoluir com os acertos.

É preciso saber discernir o verdadeiro do falso, o justo do injusto, o espiritual do material; trazendo assim a revelação e a renovação contida na lâmina. Quando conseguimos discernir o que nos confunde, através de uma visão bem mais clara tomamos consciência do que não víamos, e podemos despertar para uma renovação de forças, de idéias, de metas, e vislumbrar a cura dos males que estavam ocultos.

Para que isso aconteça, precisamos avaliar as nossas posições e sermos sinceros conosco, assumindo a responsabilidade por todos os nossos atos, não nos culpando ou culpando outros pelas nossas escolhas.

O JULGAMENTO não aponta um caminho de dor e sofrimento, de cortes bruscos e perdas necessárias. Esse arcano indica uma avaliação de vida que visa a retomada da nossa essência. Ele nos convoca a fazer uma reflexão, a rever o filme de nossas vidas e refazer o roteiro à luz da sabedoria.

Esse arcano nos convida a analisar os laços familiares, os traumas que nos impedem de seguir nosso caminho sem a contaminação de medos irracionais e ideais alheios. Traz velhos acontecimentos para que possamos analisá-los sob uma nova luz, uma nova perspectiva, longe da turbulência, dos sentimentos conflitantes que muitas vezes os provocaram.

Esse processo de remexer o passado, de tomar consciência, de se reposicionar diante dos fatos visa trazer à luz acontecimentos traumáticos que geraram hábitos e atitudes que podem ter sido os melhores naquele momento de nossas vidas, mas que hoje perderam totalmente o sentido.

O JULGAMENTO nos chama à renovação de atitudes, ao abandono de padrões obsoletos que geram soluções novas. A recompensa é uma vida nova, sem os impecilhos do passado, é o fechamento de velhas questões, o ponto final.

É preciso que analisemos a nossa vida, os nossos atos, nos olhemos de frente, aceitemos as responsabilidades de uma forma positiva, deixando de viver o passado na medida em que nos perdoamos e perdoamos aqueles que cruzaram a nossa vida e de algum modo nos feriram.

Essa energia nos aponta para a oportunidade final, quando não é mais possível adiar para não se correr o risco de ter que arcar com as consequências do dever não-cumprido, da tarefa não-realizada.

O arcano está presente nas decisões de casamento e divórcio, pois esclarece as situações. É uma energia de resgates cármicos, de acertos de contas por muito tempo adiadas e que agora se manifestam.

Sem implicações graves na área da saúde, o JULGAMENTO aponta para tratamento bem-sucedido.

NEGÓCIO E TRABALHO: Aprendendo coisas novas, promoção. Possibilidades de mudanças, reavaliação.

AMOR: Reavaliação, melhora na relação.

ESPIRITUALIDADE: Autoconhecimento, iluminação.

SAÚDE: Check-up.

DINHEIRO: Atenção com as contas.

 

Categorias: SIGNIFICADO DOS ARCANOS MAIORES DO TARÔ | Deixe um comentário

XIX – O SOL

O SOL representa a claridade que revela todos os segredos, aguça a capacidade de ver claramente, a energia da liberdade, a criatividade, a fertilidade.

O SOL em seu trajeto diário e anual representa os ciclos naturais da vida e em sua potência criativa temos o princípio da organização e da continuidade. O SOL como símbolo da força vital psíquica, é a imagem que traduz o espírito masculino, a realização plena dos ideais, a claridade da consciência, a fertilidade e a renovação da vida.

No plano divinatório, a carta do SOL indica um período de mais clareza e confiança, pois o medo e a escuridão ( sugeridas pela carta da Lua) já se foram. A vibração emitida por esse arcano é de individualidade acrescida de intensa autoconfiança.

No entanto, para que tais predicados pessoais se sobressaiam sem ferir ou anular as qualidades de quem nos cerca, o ideal é compreendermos de que somos apenas parte de um todo, e que o brilho de cada ser é que faz realçar o arco-íris da coletividade.

A aparição do Sol surge como um singelo convite fraterno a vivenciarmos em perfeita comunhão com o amor-próprio e com as boas relações; ativando em nossa volta a generosidade, a concórdia, o companheirismo a as alianças saudáveis que tanto contribuem para uma boa harmonia no universo em que estamos positivamente inseridos.

As influências solares fazem resgatar as descobertas diárias pelas coisas simples, genuínas e desprovidas de segundas intenções. Trata-se da ocasião indicada para reavermos com entusiasmo os sentimentos de alegria, de vigor e disposição para enfrentarmos o cotidiano como uma verdadeira ressurreição de otimismo e claridade que certamente nos farão muito bem.

O perigo de não conseguirmos levar em frente os intentos ficam por conta da auto-suficiência, da presunção, do egoísmo, da vaidade excessiva e da necessidade de aparentar bem além do que tem; ressaltando assim as energias inferiores que também podem ser despertadas por meio desse arcano.

O arcano aponta para a lucidez, traz de volta a confiança no futuro, a fé e a autoestima que acompanham aqueles que vêem com clareza o seu destino, aqueles que não se iludem mais com as aparências.

O SOL aponta para o futuro, um tempo de otimismo, de realização de planos e de sucesso, de vitalidade e renovação; algo novo que nasce em nossas vidas.

Nos relacionamentos somos invadidos por sentimentos de altruísmo e devoção, pois ele gera amores fortes e harmoniosos. Patrocina o companheirismo, a troca e o crescimento mútuo. São relacionamentos baseados na admiração recíproca.

Negativamente, leva ao domínio e ao excesso de controle, à falta de reciprocidade, o querer valer suas opiniões de desejos a qualquer custo.

Não há doenças ligadas ao SOL, é um arcano de cura, boa saúde, beleza e plenitude. Em caso de doença já instalada, o aparecimento do SOL indica a cura total, a renovação da saúde.

O SOL é o arquétipo da vida. A sua força é imensa, pois representa a criação; sem ele nada existiria.

NEGÓCIO E TRABALHO: Momento para crescer, ir em frente, sucesso.

AMOR: Sinceridade, felicidade, alegria.

ESPIRITUALIDADE: Proteção espiritual, aprovação.

SAÚDE: Boa, cura.

DINHEIRO: Satisfação financeira, podendo trazer comodismo.

Categorias: SIGNIFICADO DOS ARCANOS MAIORES DO TARÔ | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.